Estamos com mais 5.318.152 de acessos, graças a você leitor. É grande aceitação do nosso blog em todos os lugares. Obrigado a todos e continue acessando!!!

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Crianças de 8 e 10 anos são mortas a facadas na zona rural de Viçosa do Ceará

Duas crianças foram mortas a facadas na manhã deste domingo, 16, na zona rural de Viçosa do Ceará, a 365,8 km de Fortaleza. Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os garotos tinham 8 e 10 anos de idade e eram irmãos. A Delegacia Municipal de Viçosa assume as investigações do duplo homicídio.

O crime aconteceu no Sítio Inharim, nas proximidades da residência das crianças, por volta das 9h30min. Conforme as primeiras informações, as vítimas foram assassinadas quando saíram de casa em busca de alimentação para um carneiro que haviam acabado de ganhar. Familiares foram até o local após ouvirem gritos.

A criança de oito anos foi encontrada ainda com vida e estava ferida no braço e na coxa. Ele foi levado ao hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O irmão mais velho foi localizado momentos depois, já morto, com lesões no peito e no pescoço. O garoto foi encontrado em um local mais afastado da sua residência e teve o corpo recolhido pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). 

O Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado na Delegacia Regional de Tianguá, que cobre a área aos fins de semana. A investigação para elucidar o crime será continuada pela Delegacia Municipal de Viçosa. 

Equipes da Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE) seguem em busca de identificar o autor (ou autores) do duplo homicídio. Uma faca usada no delito foi encontrada durante as diligências. Ninguém foi preso. 

O POVO Online apurou que um suspeito chegou a ser levado à delegacia para prestar esclarecimento, mas foi liberado em seguida. Um oficial da PM, que preferiu não ser identificado, afirmou que outro suspeito fugiu da localidade na noite deste domingo. 

Fonte: O Povo Online: Edição :Parnaíba 24 Horas

Nenhum comentário: