Estamos com mais 5.318.152 de acessos, graças a você leitor. É grande aceitação do nosso blog em todos os lugares. Obrigado a todos e continue acessando!!!

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Pai de Santo nega acusação no WhatsApp de que é 'matador de criança'

Um áudio de autoria desconhecida começou a circular no WhatsApp junto a uma foto do pai de santo Tony de Yemanja afirmando que ele iria matar várias crianças para cumprir um ritual. O religioso se manifestou contra acusação caluniosa e chegou a registrar um boletim de ocorrência.
"...esse camarada tem uma promessa de matar mais de 30 ou 40 crianças, é a informação que eu tenho. Compartilhem para que ele seja preso, mas na minha opinião ele não deve ser preso, deve morrer!...", diz um trecho do áudio que foi compartilhado várias vezes em grupos do aplicativo.
O material contém palavras ofensivas, ameaças de morte e uma acusação séria sobre o suposto planejamento do Pai de Santo, em que ele pretenderia matar 30 crianças.
"Dou meu íntegro repúdio a esse ato ilícito cometido a minha pessoa e principalmente a minha casa ofendendo-lhe a minha dignidade", disse o pai de santo em postagem no Facebook. O caso já está com a polícia que vai apurar o crime de calúnia e injúria.
Amigos do pai de santo chegaram a afirmar que ele está com medo de sair de casa por causa das ameaças.
180 descobriu que o áudio em questão tem sido espalhado em em várias estados desde abril, em cada lugar com a foto de uma pessoa diferente, mas que não passa de uma farsa.
Edição: Parnaíba 24 Horas | 180 Graus

Nenhum comentário: