Estamos com mais 5.679.510 de acessos, graças a você leitor. É grande aceitação do nosso blog em todos os lugares. Obrigado a todos e continue acessando!!!

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Prefeituras da região norte terão que demitir comissionados para cumprir Lei de Responsabilidade

Resultado de imagem para tce pi
Prefeitura de Parnaíba da exemplo de cumprimento da LRF - Lei de Responsabilidade Fiscal 


O Tribunal de Contas do Estado do Piauí constatou que 80 prefeituras ultrapassaram o limite legal de 54% da Lei de Responsabilidade Fiscal, para despesas com pessoal no Poder Executivo. A questão foi representada pelo Ministério Público de Contas e a decisão é do dia 14 de maio de 2017.
O TCE-PI determinou que as prefeituras listadas sejam notificadas para que se abstenham de realizar novas contratações de servidores temporários e comissionados, e que rescindam contratações ou exonerem servidores com cargos de comissão, com a finalidade de restabelecer equilíbrio orçamentário e financeiro dos municípios, como prevê o art. 169, §3º e §4º, da Constituição Federal c/c art. 23 da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Na região norte do Piauí, por exemplo, a Prefeitura de Nossa Senhora dos Remédios chegou a comprometer 71,26% da sua receita com despesas de pessoal no 2º quadrimestre 1º semestre de 2016. De um orçamento de cerca de R$ 20 milhões, a prefeitura empregou R$ 14 milhões para a folha de pagamento.

As prefeituras de Cocal (55,68%), Cocal dos Alves (62,12); Batalha (60,25%), Esperantina (66,52%), Morro do Chapéu do Piauí (55,08%), Piracuruca (60,51%), Piripiri (69.70%), Matias Olímpio (58,20%), Joaquim Pires (57,51%), Luiz Correia (63,06%), Murici dos Portelas (65,31%) também estão acima do limite legal com gastos com o pessoal, segundo o Tribunal de Contas.

Em caso de descumprimento, o TCE fará o bloqueio das contas dos municípios, bem como a aplicação de multa ao gestor no valor de 10.000 UFR-PI aos gestores.

Clique aqui para ver a decisão do TCE e Clique aqui para ver relação dos 80 municípios do Piauí que estão acima do gasto legal com folha de pagamento e terão que se adequar à LRF.
Fonte: Revista AZ - Edição: Parnaíba 24 Horas

Nenhum comentário: