Estamos com mais 5.679.510 de acessos, graças a você leitor. É grande aceitação do nosso blog em todos os lugares. Obrigado a todos e continue acessando!!!

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Secretário de Transportes pede autorização ao Dnit para intervenções em novo trecho urbano da Br 343

A Secretaria de Transportes, Trânsito e Articulação com as Forças de Segurança iniciou tratativas juntos ao DNIT, Superintendência Regional do Estado do Piauí, para que seja feita a sinalização horizontal e vertical em trecho urbano da BR 343, da Avenida Leonardo de Carvalho Castelo Branco, iniciando ao término da Avenida Nossa Senhora de Fátima, até a entrada do aeroporto João Silva Filho.

O objetivo desta providência, Segundo o secretário Maurício Machado Júnior, é evitar transtornos com o fluxo de veículos no referido trecho, “hoje área residencial e comercial da cidade, onde visitantes das residências e clientes dos estabelecimentos comerciais são constantemente multados por estacionarem nos acostamentos, contrariando, inclusive, o direto constitucional de ir e vir”, justifica o secretário.

Ele cita, no documento encaminhado ao DNIT,  que trecho idêntico, na mesma BR 343, Avenida Pinheiro Machado, nesta cidade, encontra-se devidamente sinalizado, permitindo que os acostamentos sejam utilizados como estacionamento de clientes e/ou visitantes.

Quanto ao trecho para o qual a sinalização está sendo solicitada, “os comerciantes reclamam do cerceamento de acesso aos seus clientes, e os residentes encontram dificuldades mais graves, por não poderem receber visitas em suas residências, porque não podem estacionar defronte suas casas”.

Em suas alegações ao DNIT o secretário Mauricio Jr. sugere ainda que a entidade de trânsito municipal pode ser o melhor agente na promoção do controle da ordem nas vias de sua circunscrição e da observância do cumprimento das lei, atinentes ao trânsito, nas travessias urbanas com grandes adensamentos prediais e de circulação de veículos e pessoas. “Ela pode possuir uma capacidade de melhor interagir com as necessidades do trânsito e em tempo hábil, mais célere e com melhor propriedade do que um órgão executivo federal”.

“Deverá a entidade executiva de trânsito municipal estabelecer locais, horários e tempo de permanência máxima para a prática do estacionamento, como também estabeleceria os locais de paradas de ônibus urbanos, táxis, carga e descarga”.
Sup. de Comunicação-PMP - Edição: Parnaíba 24 Horas

Nenhum comentário: